terça-feira, 31 de maio de 2011

Acho que eu tô batendo pino...



1.

Lembra que ontem falei que encontrei os vidrinhos pra petit verres na SAARA? Pois esqueçam a informação de ontem!

Hoje, perambulando por lá no intervalo do curso, encontrei um lugar que vende os benditos por R$0,55 o cento! [O moço da loja disse que daria pra fazer até 50 vasinhos por R$0,55 cada, mas não diz que fui eu quem contou!]

Voltando às contas toscas de 25 de abril, cada vasinho sairia por [desconsiderando o preço da fita e o estresse de fazer doce na semana do casamento]:

R$0,36 do doce + R$0,55 do vasinho + R$0,03 da colher = R$0,94

Mesmo assim acho que só vale a pena pra quem não tem como encomendar o doce. Ando bem convencida de só parar pra fazer as coisas que não tem um prazo tão definido pra ficar prontas...


2.

E ficar sozinha em casa faz a sujeita pensar mais do que deveria, né?

Tava aqui matutando que hoje, quando voltei pra casa, passei na frente da escola de dança e bateu saudade do ballet... Que foi? Headbanger não pode fazer ballet, pessoas más? =P

Parei por conta do piripaque que me fez parar na neurologista no início do ano. A médica até liberou pra voltar, mas vai me custar 150 bem casados/mês.

Pensando seriamente em correr na Lagoa enquanto madrinha anda de patins, viu? [Preço dos patins = aproximadamente 175 bem casados.]


3.

A máquina de lavar roupas quebrou. Conserto = 450 bem casados.

Com quanto tempo de antecedência o Ponto Frio aceita que eu faça a lista de presentes, hein?


4.

PRECISO de uma sapatilha marrom. Mesmo. Tô com três completamente chumbadas.

75 bem casados é um preço razoável por uma sapatilha, não?


5.

Um tempo atrás vi o blog de uma menina que estava vendendo suas Melissas pra ajudar a comprar as coisas do casório. O nome é Minhas melissas por um final feliz.

Elmo disse que era pra eu vender minhas bolsas, que daria pra levantar uma boa grana.

Vender pra quem, cara pálida? Pra outras noivas tão neuróticas e cheias de cheques pré na praça quanto eu?


Dá licença que vou ali me afundar nos docinhos que recebemos pra degustar...

[Prometo que amanhã volto menos azeda!]

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Lua de Mel [5] - Ilha Grande

Antes de qualquer coisa, tenho que dizer que levei bronca do namorido por conta do último post sobre lugares pra ir na lua de mel.
Como ama praças, reclamou que não falei das 4 praças equidistantes que ficam a dois quarteirões cada uma da praça principal, a Plaza Independencia, entre muuuuitas outras coisas... Vou tentar postar algumas fotos aqui de vez em quando! =D

Mas pra não perder muito o foco, hoje vou puxar a sardinha pro meu lado e falar de um lugar que, pra mim, é um dos mais lindos do mundo!!! E super válido pra quem quer viajar, mas não pretende sair do país.

Olha essa água!!!

Dá pra pegar a barca pra Ilha Grande a partir de Mangaratiba ou Angra dos Reis.

Ir por Mangaratiba é um tantinho menos glamouroso e uns centavinhos mais barato: R$6,35 por trecho. A ida é sempre às 8 da manhã [barcas extra às sextas feiras, às 22h] e a volta é sempre às 17h30. 1h20 de viagem, mas existem outras opções, como as escunas [o preço varia conforme a demanda].
Indo por Angra a viagem custa R$6,50. A ida é às 15h30 e a volta é às 10h.

Pelo site da Rodoviária Novo Rio, o ônibus RJ x Mangaratiba custa R$23,00. A volta sai por R$16,00.
Pra Angra tanto o preço da ida quanto da volta é R$38,00.
Outra opção é alugar um carro e deixar estacionado em Mangaratiba, mas não faço ideia de quanto custaria o estacionamento [uns amigos faziam isso e costumavam deixar o carro no posto policial, mas faz teeempo...]!

Ficou faltando o preço do avião pra vir, né? Mas é só dar uma busca no Skyscanner!

Não tenho muita ideia de onde ficar, já que nas vezes em que fui ou fiquei em camping ou em uma casa alugada do lado do cemitério [siniiixxxtro!], mas esse site aqui tem umas opções ótimas de pousadas => http://www.ilhagrande.com.br/

O centro da Ilha Grande é a Vila do Abraão, onde tem mercadinho, lan house e o restaurante com o maior camarão que já vi! O problema é que a anta aqui não lembra o nome, pra variar... Ah, os únicos carros que circulam por lá são os oficiais da cidade, ok?

Eu recomendo demais uma ida a Parnaioca


e Dois Rios!



E como eu não poderia deixar de fazer uma piadinha, se resolver fazer uma trilha...



Até hoje eu não descobri o que é o bendito do cão grilo...



[Comentário nada a ver com o post: se alguém estiver procurando vidrinhos pra petit verres, encontrei um lugar que vende na SAARA por R$0,85. Vou ver se amanhã lembro de ver se tem diferença entre preço de atacado e de varejo...]

sábado, 28 de maio de 2011

Brownie e mais selinhos!

Eu comentei que ia colocar uma receita de brownie aqui, né?
Pois então. Quinta feira eu fiquei com aquela coisa de mudança de decoração na cabeça e voltei a ficar pensando em como seria legal ter um bolo de chocolate e sem massa corrida com açúcar [aka: pasta americana].

A primeira foto que encontrei na internet foi solenemente vetada pelo namorido e por meu priminho-de-8-anos-fã-do-Celso-Blues-Boy porque parecia com um monte de... hãããã... deixa pra lá, vai...

Essa é a foto do dito cujo:


Na época da faculdade eu fiz estágio de monitoria e foi lá que encontrei alguns dos meus melhores amigos. A gente costumava combinar "lanchinhos" às sextas feiras [cada um levava uma coisa, a gente fechava a porta da monitoria e colocava uma plaquinha de "Estamos em Reunião"] e eu sempre levava um brownie que, nos áureos tempos do orkut, ganhou até uma comunidade!

Pensei: e se no lugar do bolo do casamento a gente fizesse um grande brownie de três andares?

Náááááhhh... Minha mãe não gosta de bolo de chocolate. Mesmo assim, deu saudade de fazer brownie [não faço desde que mudei pra cá!] e foi nessa que fiquei de deixar a receita pra vocês.

Ó o de quinta feira:


E a receita:

2 xícaras de chocolate em pó [não serve achocolatado]
2 xícaras de açúcar
1 xícara de farinha de trigo
300 g de manteiga
3 ovos
1 xícara de castanhas de caju ou amêndoas picadas
1 colher de essência de baunilha

Misturar o chocolate, o açúcar e a manteiga em uma panela e levar ao fogo até derreter.
Quando esfriar, juntar os ovos [não precisa bater os ovos], a farinha, as castanhas e a baunilha.
Colocar em tabuleiro untado com manteiga e farinha de trigo e assar em forno médio (180º) - começar a prestar atenção se está pronto a partir de 20 minutos,
meia hora + ou -. Estará pronto quando, ao espetar um garfo no bolo, ele não sair “muito sujo” [mas fica meio grudentinho mesmo quando quente...]


Esse aí eu recheei com Nutella [desenformei e separei em duas camadas com uma linha] e fiz uma cobertura com leite condensado, creme de leite [light!!!], uma barra de chocolate meio amargo e os restos do ovo de Páscoa do Elmo. Levei ao fogo até soltar do fundo da panela e joguei em cima! A "coisa" do lado é Häagen-Dazs de Baileys [mas eu não bebo!]. =P


E a Rebeca me repassou mais dois selinhos! =D
Um é o da Daiana, do blog Realizando um sonho em BH


e o outro é da Kelly, do blog Casinha pra viver.


Esses eu repasso para:

A Tatiana, do Trilhando o casório
A Cris, do Casamento Rock'n'Roll
A Cris, do Vida Nova! (bride!)
A Sol, do Casar & Amar
A Paulinha, do Socorro! Minha irmã vai casar!
A Rebeca, do Agora vamos casar!

'Brigadão, Rebeca!

E bom final de semana pra todo mundo!

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Meme 2 - A missão!

Ieeei! Mais um selinho! =D


Dessa vez quem mandou foi a Tay, do blog Better Together, e a regra é postar o questionário e repassar pra mais 5 pessoas. Mais uma vez eu acho que esculhambei a coisa toda, mas vamulá:


Sobre Você:

Nome: Carolina

Idade: Puooootz!!! 31 anos, vai...

Aniversário: 28 de janeiro

Emprego: Funcionária pública

Estado Civil: Solteira. Por pouco tempo. [risada maligna]

Onde vive, casa ou apartamento: apartamento. Mas o coração ta no quintalzão da minha mãe.

Irmãos: Filha única de pai e mãe.

Animais: as duas gatas mais lindas do mundo! Mas elas não são animais, não. São gentes pequenininhas.

Fuma: Não

Bebe: Meu remédio pra insônia não permite.


Aparência

Piercings: Três brincos na orelha direita conta? Eu que fiz os furos! \o/

Tatuagens: Já quis fazer o Schroeder tocando piano no tornozelo, mas desisti depois que tatuagem virou modinha.

Aparelho nos dentes: Não. Mas Elmo cismou que tenho mordida cruzada.

Roupas: Antes de virar moça séria, jeans, all star e camiseta de banda. Hoje é calça social, camisa e sapatilha.

Cor dos olhos: Castanhos

Cor do Cabelo: Castanho


Favoritos

Cor: Laranja. ‘Cês nem sabiam, né?

Número: 42! Ráh! ‘Tendeu? ‘Tendeu?

Animal: Gátschos

Flor: Margarida Dália!!!

Comida: Qualquer coisa que tenha queijo.

Sabor de Sorvete: Pistache

Doce: Macaron e quindim.

Bebida Alcoólica: Bebo não. Meu remédio pra insônia não deixa²...

Tipo de música: Metaaaaallll!!! [com a voz do Detonator!] Falando sério, só não sou chegada a funk, pagode, axé e sertanejo.

Banda/artista: Ai, caramba... Bota The Smiths aí. E Titãs. E Metallica. E Led Zeppelin. E... Isso não vai acabar nunca!

Música: Always look on the bright side of life! xD Falando sério, não dá pra escolher uma só, não...

Livro: O menino no espelho [Fernando Sabino] e A história sem fim [Michael Ende].

Filme: A felicidade não se compra.

Programa de TV: The Big Bang Theory [o do Elmo é a reprise do Cassino do Chacrinha, no Viva].

Melhor amigo: Mãe e Elmo

Dia da semana: Sexta feira! \o/

Esporte: Xadrez. Que que foi? É esporte sim!


Vida Amorosa

Nome da Pessoa Amada: Elmo

Estão juntos há quanto tempo: Uns três anos e um pouquinho.

Local em que se conheceram: Casa de um amigo.

Foi amor á primeira vista? Não

Que deu o primeiro passo? Sabe que não sei? Aconteceu do nada!

Já te deu flores: Uma dobradura de embalagem de Ferrero Rocher conta?

A coisa mais doce que ele te deu: Um “kit” com uma coisa útil, uma coisa fofa, uma coisa extravagante e uma carta.

Um sonho de vocês dois: Viajar pelo mundo!

Uma curiosidade do casal: Temos um trato de ele me ensinar a ser mais tranqüila e eu ensinar a ele ser mais cri cri.

Quem tem mais ciúme: Acho que é bem equilibrado, viu?

Ele se dá bem com a sua família? Até demais!

E você com a dele? Também! Só queria ter tempo pra visitar mais... =/


Outros

Sabe dirigir? Dirijo mal, conta?

Tem carro/moto? Só compro um quando tiver grana pra manter um carro elétrico.

Fala outra língua? Inglês, francês e espanhol, mas as duas últimas andam precisando de treino.

Coleciona algo? Imãs de geladeira, dvd’s, quadrinhos.

Fala sozinha? Direto!

Se arrepende de alguma coisa? Quem não se arrepende?

Religião: Católica, mas ando devendo umas idas à missa.

Confia nas pessoas facilmente? Não

Perdoa facilmente: Também não

Se dá bem com os teus pais? Sim

Desejo antes de morrer: Ter um jardim. [Elmo acabou de dizer que queria receber uma resposta daqueles relatórios de erro que vive mandando pra Microsoft]

Maior medo: De aranhas. Nada filosófico, né?

Maior fraqueza: Eu ia responder que é minha saúde, mas Elmo falou que se ele desenhar uma aranha torta e feliz na porta destrancada do apartamento eu não saio nunca mais e vão encontrar meu esqueleto sentado no sofá daqui a dez anos.

Toca algum instrumento? Sino! Mas um dia aprendo a tocar gaita...


Alguma vez...

Escreveu alguma poesia: Já. Era tarefa de literatura, tinha que escrever um soneto. Ráh!

Cantou em público? Só em karaokê.

Fez alguma performance em palco? Fui oradora na formatura, serve?

Andou de Patins? Muito tempo atrás. Mas madrinha Lilica vai começar a treinar roller derby e me chamou pra treinar com ela. Sei não, viu? Sou c@gon@ demais pra isso...

Teve alguma experiência que quase morreu? Segundo a neurologista, sim. Ela disse que era pra minha cabeça ter explodido no avião no início do ano! xP


És...

Sorriu sem razão?

Riu tanto que chorou? Também

Lutadora: Já fui mais.

Mandona: Dizem que sim... ;)

Amigavél: Às vezes.

Sonhadora: Já fui mais².

Timida: Completamente!

Energética: Lenta até demais...

Feliz: Momentos felizes.

Depressiva: Melhorando... ;)

Engraçada: Dizem que sim².

Chata: Sempre que alguém se atrasa.

Má: Às vezes.

Confiável: Muito.

Esperta: A médica me proibiu de pensar, então não.

Dependente: Às vezes.

Quieta: Sempre.

Estranha: Eu era a nerd que carregava um livro pro recreio!

Modesta: Modestíssima! ;)

Indecisa: Não

Educada: Sim, sempre.

Criativa: De vez em quando eu voo e fica difícil de voltar pra Terra, viu?

Preguiçosa: Não

Assustadora: Dizem que sim³.

Otimista: Costumo dizer que tenho metade de um copo além do que preciso...

Curiosa: Não

Determinada: Sim

Honesta: Demais até!

Teimosa: Feito um jumento.

Romântica: Já fui mais³.

Ciumenta: Mais do que pensei que fosse.

Sincera: Ô... Mas o Elmo é mais e isso já meteu o sujeito em um monte de enrascadas!

Tolerante: A secretária me chama de Saraiva...

Racional: Totalmente

Pontual: Ando com o relógio adiantado quatro minutos.


Mais...

Como você está se sentindo hoje: Feliz por ter me animado a fazer brownie, recheio e cobertura! E preocupada porque Elmo está gripado.

O que te faz feliz: Feriado ensolarado.

Com que roupa está agora? Pijama

Cabelo: Pro alto.

Brincos: Argolas. Uma na esquerda, três na direita.

Algo que você faça muito: Morder o lábio inferior.

Conhece alguém que faça aniversário no mesmo dia que você? Sandy, Elijah Wood e Maitê Proença.

Está confortável com o teu peso: Não, tenho que emagrecer mais uns 6 quilos.


Acaba a frase...

Gostaria de ser... tão boa no piano quanto o Vince Guaraldi.

Eu desejo... que você tenha a quem amar / e quando estiver bem cansado / ainda exista amor pra recomeçar...

Muitas pessoas não sabem... que eu queria viver de desenhar quadrinhos.

Eu sou... a mocilda do Elmo! =)

O meu coração é... saudável, graças aos céus, porque o fígado... =/

Respira fundo e muda toda a decoração da festa!

E finalmente o post do rascunho que foi publicado antes da hora...

Na terça feira a Manuela lembrou de mim *vergonhinha* e mandou este link: http://www.carolinasouzalima.com/blog/page/4/

[acho que não é comum alguém dizer que laranja é sua cor preferida, não? =) ]

Vidrei em duas das fotos do Orange Inspiration Board, uma que mostra um buquê lindo, todo “repolhudinho”, e outra que mostra uma flor em close, sozinha.

Em 2009 namorido e eu fugimos do carnaval e fomos pra casa de uma amigona nossa, lá no Paraná. Andando pela rua eu vi uma dessas flores repolhudas e não consegui tirá-la da cabeça. Linda. Cheguei a tirar uma foto que ficou no computador da minha mãe, mas nunca que descobria que danada de flor era aquela.

Quando a Manuela mandou esse link, me deu um estalo!

Lembra do que usavam pra ensinar a letra “d” quando a gente era criança?

Eu sempre pensava: “Poxa! Eu nunca vi uma dália de verdade. Por que é que não usam um dado?” [se fosse hoje eu responderia pra mim mesma: “Porque um dado não é redondo, ô inteligente! Como é que vai fazer a voltinha no d?” E isso é porque fiz normal. Abafa.]

Uma dália! Finalmente posso parar de dizer que minha flor preferida é margarida porque descobri o nome da flor, afinal!

Montagem no estilo Mestres do Paint, por favor não me julguem


‘Brigadão mais uma vez, Manuela!

Mas não foi só isso.

Ontem madrinha Lilica esteve lá em casa antes de eu ir com ela num treino de roller derby [aliás, muito legal, mas c@gon@ do jeito que eu sou, acho que prefiro só levar a maletinha de primeiros socorros dela, mesmo...]. Mostrei minha ideia de convite [branco com laço branco], comentei que estávamos pensando em fazer a decoração da festa toda branquinha e ela comentou alguma coisa como “Sai da tua zona de conforto, mulé!

Vocês podem achar meio surreal, mas sonhei com isso a noite. Sonhei com o salão todo decorado em tons de laranja, pêssego e amarelo. E com um bolo de chocolate, nem que nós dois tenhamos que ir pra cozinha [taí! Amanhã vou postar minha receita de brownie!].

Tô tremendo na base, mas acho que resolvi. Essas vão ser as cores da festa.


Afinal, eu não quero ir pra igreja num Maverick laranja?

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Músicas da Festa [5] e mais um monte de coisas!

Antes de qualquer coisa...

Feliz dia da toalha
!!! \o/

[Essa foi a foto mais fofa que encontrei no Google Images...]


Antes que vocês achem que eu surtei de vez, vou explicar:

25 de maio foi o dia escolhido pra homenagear o escritor Douglas Adams, autor da série O Guia do Mochileiro das Galáxias. Esse nome – Dia da Toalha – foi escolhido porque no primeiro livro ele usa toda uma página para explicar a importância da toalha para um mochileiro das galáxias. Quem quiser saber mais um pouquinho da história é só dar uma olhada no verbete da Wikipedia!

25 de maio é também o Dia do Orgulho Nerd, escolhido para comemorar a première do primeiro filme da série Star Wars, que aconteceu em 25 de maio de 1977.

E é aniversário do Pedro.

Pedro é meu primo de onze anos que é a coisa mais fofa do mundo: loirinho acastanhado, de óculos e com pintinhas nas bochechas. Pra completar, o moleque é a criança mais inteligente da família [pra vocês terem uma ideia, ele sabe aplicar dinheiro na bolsa de valores e eu não].

Um tempinho atrás ele disse que era muito chato isso de ser nerd. Que os colegas sacaneavam na escola e tals. Esqueci de dizer pro menino que nerdice vira charme quando o cara cresce...


E já que falei d’O Guia do Mochileiro das Galáxias, esse livro também tem uma frase que é perfeita pra nós noivas:

Essa é pra repetir feito mantra!!!


Selinho!

Ganhei esse selinho da Érika e fiquei mais boba que tatu de manhã cedo, como diz meu pai! =D

‘Brigadão, Érika!

Acho que vou pedir pro namorido fazer um selinho style pra cá também! [já que ele anda meio revoltado com o template e falou que vai fazer um novo, vou abusar!]


E as músicas!

A primeira é a sugestão da Cris da semana! xD


I'm Walking On Sunshine - Katrina and the Waves




Betty frígida - Blitz




Bizarre Love Triangle - New Order




Bette Davis Eyes - Kim Carnes




What's On Your Mind - Information Society





Essa aqui eu não sei se anima como música de festa, mas lembrei do clipe e resolvi postar em homenagem a meu pajem/priminho de 8 anos fã do Queen! [Aliás, acabei de lembrar de uma música boa pra entrada dos padrinhos: Friends Will Be Friends]

I Want To Break Free - Queen

Faiô! xD



Ih, gente!

Eu com mania de ficar salvando rascunhos com ideias do que postar, acabei clicando em "publicar postagem" em vez de "salvar agora"... ¬¬

Anta imbecílica, como diz um colega meu da faculdade...

Pode pular pro post aí de baixo que mais tarde coloco musiquinha pra vocês ouvirem!

=***

terça-feira, 24 de maio de 2011

Amenidades...

[Dei tanta volta com esse texto que poderia tranquilamente ser encaixado na tag Só pra constar...]

Estou fazendo um curso pela empresa e por conta dele tive que ler A Meta, de Eliyahu Goldratt [pelo que entendi é uma espécie de livro sagrado pros estudantes de Administração e Engenharia de Produção], onde o autor "ensina" a Teoria das Restrições através do dia a dia do personagem principal.

Quinta feira eu estava lendo enquanto Elmo estudava. Cheguei em uma parte do livro quando a vida do personagem está tão atribulada na firma que seu casamento começa a degringolar também.

A esposa vai passar um tempo na casa dos pais e, perdido frente à possibilidade de ter que recomeçar todo aqule processo de conquistar alguém, o personagem começa a avaliar qual das mulheres que conhece ele convidaria para um encontro.

Ele descobre que a única pessoa com quem gostaria de estar é ela, e resolve ligar e chamar pra sair, como faziam quando eram namorados.

Nesse ponto eu parei de ler.

Carol: - Elmo, você vai me convidar pra sair amanhã!
Elmo: - Mas hein???

Sério, o cara ficou perdido.
Eu fiz de propósito. Fiquei pensando em como as coisas se acomodam depois de um tempo, principalmente quando o casal divide uma casa e mal tem tempo de tomar café ou jantar juntos todos os dias.

Ele fez suspense e disse que me buscava às cinco, como anos atrás. A proposta era agir como no início do namoro.

Vimos um restinho de pôr do sol no Arpoador, ouvimos a Orquestra Voadora, comemos pizza e ele me fez rir. Tudo do jeitinho que eu estava com saudades de fazer.


A parte engraçada eu posso compartilhar, acho que tem gente precisando sorrir hoje... ;)

Algumas das pérolas que ele escuta todos os dias:

Daí que as professoras têm que explicar pras crianças que Plutão deixou de ser considerado um planeta e passou a ser classificado como planeta anão, né? Essa é a informação que a gente passa pra elas.
O que elas entendem é: "Plutão deixou de ser planeta."
O que elas ensinam pras crianças é: "Plutão explodiu!"

Outro dia liga um cara pra pedir informações sobre a Olimpíada Brasileira de Foguetes.
Cara no telefone: Pode ser usado qualquer tipo de combustível?
Secretária: Não pode usar inflamáveis, senhor.
Cara no telefone: Água oxigenada e sangue de galinha, pode?

Acho que ele queria fazer uma espécie de despacho voador...


Só terminei a noite com dois problemas:
1. Elmo cismou que quer a Orquestra Voadora ou alguma coisa parecida no casamento. Desde que ele pague o cachê, por mim tá ok...
2. Cismou também que quer um Bolo Malte pro casamento. Vou ligar pro Pizza Hut e ver se aceitam encomenda...

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Lua de Mel [4] - Mendoza

[Talvez seja legal dar uma olhada nessa página aqui!]

Segundo o Elmo, as pessoas da cidade de Mendoza fizeram um acordo pra roubar o gorrinho do Sol, que agora fica atrás da montanha pensando em como vai pegar seu gorrinho de volta.


Nossa viagem pra Mendoza não incluiu os programas que as pessoas normalmente fazem [esquiar e beber vinho]: o primeiro porque estivemos lá no verão e o segundo porque eu não bebo e Elmo não bebe sozinho. Desse jeito nem tem como dar muitas dicas além daquelas de sempre, mas no Viaje na Viagem tem um tantão de informações legais! Encontrei também uma reportagem d'O Globo de 2009 falando sobre passeios de bicicleta nos vinhedos de Mendoza! Fofo! xD

Um programa boboca porém legal que fizemos lá foi uma degustação independente de alfajores no café Havanna: compramos um de cada sabor e gravamos um "depoimento" com o veredicto de trazer ou não pra casa, mas namorido me proibiu de postar qualquer coisa que mostre o rosto dele em primeiro plano. Disse que é pra "preservar o mistério". ¬¬ [Ah, e eu não recomendo o da embalagem verde, não. Mó gosto enjoado de geléia de marmelo!]

Dessa vez ficamos em um hotel bem no centro que o Elmo não quis anotar o nome porque achou "impessoal" demais [e também não gostou do café], mas eu achei bem simpático pra proposta da nossa viagem. U$80,00 por uma suíte confortável e com banheira.

No SkyScanner encontrei passagem por R$1419,00 ida e volta RJ x Mendoza [pra julho desse ano. Simulei pra setembro e fica em torno de R$1004,00].

Somando os itens básicos:

Hospedagem: 5 x U$80,00 = 5 x R$129,20 = R$646,00
Passagem: 2x 1419,00 = R$2838,00
Total: R$3484,00 por casal, sem incluir alimentação, taxi e caixas e mais caixas de Havanna.

A CVC tem um pacote de 4 dias pra Mendoza, mas, pra variar, não disponibiliza o preço no site.


Dessa vez tem videozinho do "Destino Lua de Mel"!



Programa apresentado no Discovery Travel & Living.

sábado, 21 de maio de 2011

Só porque deu vontade de babar ovo do namorido!

Encontrei esses desenhos enquanto dava uma organizada no computador:


Eu! [mouse e paintbrush]


Eu de novo! [tratado no Corel] Deu pra perceber que Elmo não perdoou o narigão, né?


Desenho do primeiro cartão de aniversário que recebi



O Elmo! ;)


Beijão e bom restinho de final de semana!

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Chocolates "industrializados"



Posso confessar uma coisa?

Quando criança, eu era viciada em chocolate branco hidrogenado!

Sério!

O troço tem gosto de sabão e entope veia que é uma beleza. Acho que acabei de encontrar uma explicação pro meu fígado chumbado...

Um belo dia entrei em uma daquelas distribuidoras enormes de doces e comprei um quilo de chocolate branco hidrogenado da marca mais vagaba possível [tive que juntar moedinhas, né? Que mãe daria dinheiro pra filha se ela pedisse “dá cinco reáu pra eu comprar um barrão de gordura”?], comi um ou dois pedaços e a coisa passou os quatro meses seguintes ocupando espaço na geladeira.

Peguei trauma. Sério. Eu tinha engulhos quando olhava pra gaveta da geladeira onde a coisa tava guardada. O resultado disso é que até hoje eu fico apreensiva com chocolate artesanal.

Pra não dizer que ainda não começamos a “experimentação”, comemos alguns doces de uma moça de Copacabana [que não vamos contratar apesar de ter um bolo maravilhoso porque me recuso a dar mais de R$1100,00 num bolo que não vai ter NENHUM detalhe] e outros de uma moça lá de Minas que minha cerimonialista-mais-fofa-do-universo ofereceu no dia em que conversamos a primeira vez, mas frente à minha frescurice com relação a chocolates, já imaginei um “plano B”: e se na festa a gente só colocasse chocolates conhecidos de longa data?


Cheguei na lista aqui de baixo:


Alpino – Nestlé

Encontrei por R$44,90 no Americanas.com a caixa com 50 unidades.

Isso dá R$0,90 por bombom, o que não foge muito dos preços que ando vendo pra unidade do chocolate. É só desembrulhar e colocar na mesa, até onde lembro não tem o nome escrito em lugar algum.


Cacau Show

Dos chocolates da loja acho que daria pra colocar os dessa listinha aí de baixo em uma mesa de doces:

Bombons recheados [ cereja ao licor, avelã e trufa]

Trufinhas [limão, maracujá, cacau, coco, marula e belga]

Bombons decorados [nozes, gianduia, irish cream, brigadeiro, coco e amêndoas]

Pastilha de chocolate com aroma de menta

Não lembro o preço de cada um exatamente, mas sei que varia entre R$6,00 e R$7,50 por 100 gramas. Tirando a média, R$6,80 por 100 gramas.

A moça da loja me disse que em 100 gramas normalmente dá pra colocar 6 bombons, resultando em aproximadamente R$1,13 por chocolate. Parece que não é toda loja que aceita encomendas: em uma da Av. Passos a moça disse que não aceitavam, já na da Voluntários da Pátria a gerente disse que é só pedir com um mês de antecedência.


After Eight – Nestlé

Essas porcariazinhas deliciosas fizeram minha mala ficar com cheiro de menta desde as últimas férias! Bocó eu também, né? Enfiar uma caixa de chocolate na mala e não pensar que “poderia” derreter... ¬¬ Enfim!

No Americanas.com a caixa com 200g custa R$29,90. Usando o índice Cacau Show de bombons por 100g, vamos admitir que em 200g “cabem” 12 pastilhas, chegando a R$2,49 por pastilha.

Caso algum parente simpático com vocação pra muambeiro vá passear por aí, a caixa com 400g sai por U$11,50 no free shop, o que dá mais ou menos R$18,53 [já disse hoje que odeio impostos de importação?], ou R$0,77 por pastilha.


Ferrero Rocher

Mais um que é só desembrulhar e faz uma presença legal [além de eu não conhecer um louco que não goste]. Engraçado que não achei muitas opções pra comprar pela internet...

No supermercado Zona Sul a caixa com 24 bombons [300g] custa R$37,49 [R$1,56 por bombom]. Já no free shop encontrei a caixa com 30 bombons [375g] por U$17,90 [R$28,86 ou R$0,96 por bombom].


Amor aos Pedaços

Confesso que nunca comi os bombons da Amor aos Pedaços, só as tortas e doces. Encontrei a linha de chocolates também no Americanas.com e resolvi incluir.

Ó alguns da lista:

Bombom de chocolate branco, Bombom gotas de licor, Bombom de chocolate ao leite, Bombom crocante ou Bombom de marshmallow: R$10,99 [100g] = R$1,83 por bombom

Bombom cherry: R$16,90 [100g] = R$2,82 por bombom

Bombom de coração: R$12,90 [100g] = R$2,15 por bombom


Guylian [aquele das conchinhas!]

Encontrei em um site do Paraná por R$44,11 a caixa com 250g [R$2,94 por bombom]. No free shop, 4 caixas de 250g saem por U$42,00. Isso dá 60 bombons por R$67,79 ou R$1,13 por bombom! [Malditos impostos! Malditos!!!]


Esses aqui de baixo só consegui encontrar no site do Duty Free mesmo. Se eu surtar, faço o Elmo trazer umas caixas de chocolate além do carregamento de whisky.


Raffaello

Aquele “Ferrero Rocher de coco”. Até é vendido em umas caixinhas especiais com o Ferrero tradicional e outro de chocolate amargo, mas aí é que não vale a pena mesmo! No free shop encontrei por U$8,90 o pacote de 250g [R$14,37 no câmbio de hoje] ou R$0,96 por bombom.


Baci

Uma avelã com um bilhetinho... Robântico, não? [Tô gripada!]

No free shop: U$7,50 o pacote com 143g ou mais ou menos R$1,41 por bombom.


Lindor [Tube]

Encontrei tanto o Sortido, quanto o Milk Tube ou o Dark Tube por U$23,90 a embalagem de 400g. R$38,58 por embalagem ou R$1,61 por bombom.

Não vou mentir: dei uma olhada na Kopenhagen e até [podem começar a rir] Godiva [ok, podem parar de rir], mas Carola não tá com bala na agulha pra tanto, né? 'Cês têm mais alguma sugestão?


Atualização 1: Não vai ter só chocolate na festa não, gente! Os docinhos vão ser aqueles "normais" de casamento [que algumas doceiras já andaram me dizendo que estão fora de moda, mas resolvi ignorar]...

Atualização 2: Acabei de voltar do mercado empório e não tinha visto que a obra terminou [devem ter feito isso essa madrugada...]. Agora tem um balcão com pães e doces frufrus e estão vendendo chocolates por quilo também! Comprei 100 gramas [quantidade mínima] e é bem gostosinho, mas não muito grande. Os sabores escolhidos: coração com recheio amargo, nutella, mousse de limão, pimenta, framboesa, capuccino, amaretto e um copinho com recheio puxento que agora não lembro de que é. Se interessar, a marca é Il Cioccolato. R$180,00 o quilo no Farinha Pura. Dá pra pagar com Sodexho! \o/ #pobrefeelings

E não, não tá rolando jabá... ¬¬

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Ladrões de docinhos

Taí o texto enorme que eu tinha começado a escrever na terça feira!

Sabe aquela coisa de assunto que puxa outro que puxa outro?

Esses dias eu estava trocando mensagens com a Cris, falando sobre oferecer havaianas ou sapatilhas para as convidadas. Comentei com ela que minha ideia era comprar sapatilhas [daquelas comuns mesmo, sabe quais? De carnaval?] e montar um kit, incluindo um prendedor de cabelo e um saquinho pra colocar o sapato de salto.

Ficou a questão: e se o povo usar o saquinho pra encher de doces antes da hora e ficar aquele buracão feio na mesa?

Na hora lembrei da festa de quinze anos de uma das minhas primas, uns dez anos atrás.
Nós somos cinco netas
*. Duas tiveram festa de quinze anos, duas não tiveram e a quinta fez três aninhos semana passada [pela minha personalidade de Seu Saraiva já deu pra perceber que fui uma das que não comemorou como manda o figurino, né?].

Pois então. Quando Babi fez quinze anos teve festa com direito a damas, príncipes, bonequinha e tudo o mais [imagina o calorão que esse povo não passou em janeiro nessa cidade].

A decoração foi toda em azul e bronze e o arranjo da mesa...

Bem, deixa eu explicar [por favor não avaliem se a coisa toda era ecologicamente correta ou não, ok? Debutante e noiva (eu
included) é tudo surtada!]:

Imagina um aquário daqueles tipo bolha



mas tira essas sereias presepeiras do pé do aquário. Imaginou?

Agora deixa o betta dentro do aquário.

O peixe é azul, gente! Combinava com a decoração!

Continuando: encaixa um castiçal de bronze na boca do aquário, mais ou menos como esse aqui de baixo.


Mas com uma vela azul no alto cercada de flores [violetas ou hortências, agora não lembro].

Visualizou?

Eu sei que é meio over, mas acho que era coisa da idade. Se vocês tivessem visto a decoração do casamento da menina não diriam que foi a mesma pessoa que "idealizou" tudo isso!


E aí vocês perguntam: o que é que tem a ver o arranjo da mesa com os docinhos, coração?

Vocês já compraram peixinho na feira e levaram pra casa em saquinho de plástico?


Ó a ideia da minha tia:

Esse arranjo todo era uma lembrança pros convidados, então ela dobrou saquinhos como esses da foto, amarrou com um lacinho [azul, duh!] e deixou do lado do aquário. Quando as pessoas fossem pra casa era só colocar a água e o peixinho dentro do saquinho e levar o aquário vazio! Brilhante, né?

Claro que dão!

Se você fosse a uma festa e alguém te desse um saquinho, você colocaria o peixe ou um punhado de docinhos dentro antes de ir embora pra casa?

Pois então. Quando a gente conseguiu avisar que o saquinho não era pra colocar docinhos já tinha meia dúzia de aquários abandonados nas mesas.

E aí? Corro o risco ou deixo o povo ficar descalço na pista?




* A não ser que eu especifique, estou falando da família da minha mãe, ok?